Quem foi Dom Bosco?


Dom Bosco nasceu em Castelnuovo, Itáliam em 16 de agosto de 1815. Morreu em 31 de janeiro de 1888.
Foi camponês, estudante, aprendiz de vários ofícios, padre, educador.
O Espírito Santo deu-lhe especial sensibilidade para captar, mediante várias experiências, o abandono e os perigos em que se achavam os jovens de seu tempo. Eram jovens que, arrancados da zona rural pelas dificuldades aí existentes, buscavam trabalho na cidade grande.

O que fez Dom Bosco?

Ainda padre novo, em Turim, depois de 1841, ele sentiu que Deus o chamava para consagrar sua vida aos jovens pobres e abandonados. Devia ajudá-los a tornarem-se cidadãos honestos e bons cristãos, por meio da promoção humana e da educação da fé.
Fundou, em seguida, várias obras com o fim de socorrer e educar a juventude.

Interessou-se também Dom Bosco por outras pessoas?

A sua atenção dirigiu-se também aos adultos da classe popular, especialmente dos camponeses, nos quais ele via uma classe desfavorecida, sem meios de se promover humana e cristãmente.
Seu amor ao próximo estendeu-se também aos povos que viviam em regiões pagãs, aos quais, mais tarde, enviou os salesianos como missionários.

De onde vem o nome SALESIANOS?

A missão que Dom Bosco queria realizar de maneira duradoura em favor da juventude pobre precisava de pessoas decididas a trabalhar com ele. Exigia também instituições que pudessem garantir a continuidade do empreendimento.
Sob a ação do Espírito Santo. Dom Bosco compreendeu logo que essa pesada tarefa só poderia apoiar-se em homens que se consagrassem inteiramente à obra.
O mesmo Espírito fez desabrochar no coração dos primeiros discípulos o chamamento à consagração total na vida religiosa.
Constituiu-se então, a partir de 1854, um grupo de jovens, que recebeu o nome de “salesianos”. Mais tarde Dom Bosco obteve a aprovação da sua sociedade de São Francisco de Sales (Congregação Salesiana) que se compõe de padres e irmãos fraternalmente iguais.

Fundou Dom Bosco outras obras em favor da juventude?


Por volta de 1872, tendo a certeza de que era a vontade de Deus que se ocupasse também das meninas, fundou em Mornese (Itália), com Maria Domingas Mazzarello, o Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora. Surgiram assim as irmãs salesianas.

E os Cooperadores Salesianos?

Dom Bosco tinha certeza de que o maior número possível de cristãos devia unir forças para o bem do próximo, principalmente dos jovens pobres.

Compreendeu então que a Congregação Salesiana devia ser como que o fermento animador de vasto movimento de fraternidade, em que homens e mulheres participariam de sua missão e espírito, cada um segundo o próprio estado de vida.
Foi assim que nasceu a Associação dos Cooperadores Salesianos, terceira instituição que se valeria do carisma de Dom Bosco. É um movimento com 25.000 leigos que, com espírito salesiano, se engajam nas atividades pastorais das comunidades eclesiais locais.
E as Voluntárias de Dom Bosco?

As Voluntárias de Dom Bosco são uma instituição secular. Compõe-se de mulheres que professam os votos religiosos, mas permanecem com seus familiares e se entregam às mais diversas atividades pastorais, conforme as necessidades das igrejas locais.

E o Movimento dos Ex-alunos?

A educação é permanente. Educa-se a vida toda e por meio da própria vida. O movimento dos Ex-alunos visa a manter os jovens unidos a seus educadores pela amizade, como Dom Bosco queria.
Toda vez que o EX- aluno se compromete com alguma atividade evangelizadora, participa ativamente da Família Salesiana. O Movimento dos Ex-alunos está organizado em nível mundial e local.

Que se entende por família salesiana?

O termo “família” é continuamente empregado na tradição salesiana para indicar, de forma genérica, a unidade de ideal e os laços de fraternidade que há entre os Salesianos, as Salesianas, os Cooperadores e as Voluntárias pertencem também à Família Salesiana, em sentido amplo, os Alunos, os Ex-alunos, bem como outras pessoas que, de diversos modos, se interessam pelas obras salesianas. O órgão oficial da Família Salesiana é o Boletim Salesiano, publicação bimestral, impresso nas Escolas Profissionais Salesianas (SP).

Qual a principal característica salesiana?

Dom Bosco deixou como herança aos salesianos o Sistema Preventivo, um método educativo que se baseia inteiramente na razão, na religião e na bondade. Pode-se dizer que este método é o Evangelho vivido na alegria e no serviço. Os educadores devem estar sempre fraternalmente presentes no meio dos jovens, em seus grupos e atividades.

Qual a obra salesiana mais característica?

O Oratório Festivo foi a obra mais característica de Dom Bosco.
Funciona onde há comunidades salesianas. Os oratórios festivos, renovados segundo as exigências de tempo e lugar, têm a finalidade de entreter adolescentes e jovens particularmente nos domingos e feriados com esporte, música, teatro, excursões e outros divertimentos, dando-lhes também ocasião de participar de reuniões catequéticas e celebrações eucarísticas.
Proporciona-lhes, ao mesmo tempo, uma experiência de vida comunitária.

Que metas têm os salesianos hoje?

A fim de concretizar hoje sua missão, os salesianos têm em vista três metas:
- a opção pelos jovens e pelos pobres,
- a atividade catequética,
- a pastoral missionária.
A opção pelos pobres se concretiza no trabalho educativo pastoral em benefício dos jovens mais pobres e das classes populares.
A atividade catequética permeia toda atividade educativa dos salesianos nas escolas, paróquias, educandários, oratórios, casas de acolhida de meninos de rua...
A pastoral missionária específica desenvolve-se nas Missões confiadas aos salesianos em vários países da Ásia, África e América. No Brasil, as Missões Salesianas se concentram nos Estados do Amazonas e Mato Grosso.

Apoio: Escolas Profissionais Salesianas